4 jogos de tabuleiro

SEÇÕES

Margarete Coelho fala sobre definição para chapa majoritária

Margarete Coelho fala sobre definição para chapa majoritária

FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

A vice-governadora Margarete Coelho, durante entrevista aoJogo do Poder da Rede 4 jogos de tabuleiro nesta terça-feira (22), falou sobre prazos para definição da formação da chamada chapa majoritária. 

“O processo de escolha de chapa é um passo previsível dentro do calendário eleitoral. Então nós estamos trabalhando com muito cuidado, muita cautela e com sentido de muita contribuição com este momento. Então é momento dos partidos políticos; não é o momento da máquina pública. Este é um momento que os partidos discutem tanto internamente como entre si. Nós sabemos que temos que passar por isso, mas com certeza no final nós sairemos com chapas consolidadas; com chapas que o povo do Piauí possa se identificar e em que o povo do Piauí possa confiar”, disse. 

Margarete evita citar nomes e partidos, mas ressalta que a escolha deve ser a ’melhor para todos’. “Melhor para o grupo, mas também que seja o melhor para o Piauí”, disse. 

Em conversa com Arimateia Carvalho, deputados do MDB afirmaram que o nome certo para vaga de vice de Wellington Dias é o de Themístocles Filho (MDB), presidente da Assembleia Legislativa. 

O deputado Fábio Novo  foi questionado se a decisão de chapa pura ou coligação para o PT nas eleições de outubro for para o voto no diretório regional ou na convenção…Qual seria o resultado? Que tese venceria? “A tese que seja boa para o PT”, resumiu Fábio. 

“O momento agora é de fazer números. Esses números, na minha avaliação, todo partido vai fazer. Se você perguntar, vou ter dar um exemplo concreto: se você perguntar ao PTC se ele quer se coligar com o PT com o MDB ou com o PP, você vai ouvir do PTC que está na base do governo, que para ele não há interesse de fazer coligação dessa natureza”, acrescentou. 

Fábio Novo defende candidatura pura e explica o porquê. “Eu defendo pelas contas que a gente tem feito que o PT apresente uma chapa pura, até porque em 2020 lotos os partidos serão obrigados a fazer chapa pura, justamente porque não haverá mais coligação proporcional”, disse. 

O deputado argumenta que “se o PT tem 18 nomes hoje e vai para um chapão, ele terá que reduzir candidaturas. E explica: "Ao reduzir, cria um problema interno dentro do próprio partido”. 

E acrescenta: “E segundo, ao criar um problema interno dentro do partido, nós vamos ter uma situação que vai ficar extremamente insuportável. Então nos vamos pensar com muita calma, fazer os números de cabeça fria. Nós vamos defender o que seja melhor para o Partido dos Trabalhadores". 

Segundo Fábio Novo, a decisão tomada ‘não prejudicará nenhum partido’. “Nós enquanto partido não queremos prejudicar nenhum outro, mas também não queremos perder o que nós já temos”. 

PRTB, em evento ocorrido hoje, demonstrou interesse em apoiar a reeleição de Wellington Dias. 

Um vídeo que circula na internet mostra momentos de tensão na Câmara dos Vereadores de Timon, no Maranhão. Tudo começou quando o presidente da Câmara, Vilmar Rezende, foi usar a tribuna. Os vereadores de oposição, liderados pelo vereador Ramon Júnior, disseram que Vilmar não estava escrito para falar ,daí teve início bate-boca. 

Quando o presidente tentou se pronunciar, Ramon foi até a tribuna e arrancou microfone do então presidente. Em entrevista ao Jogo do Poder, Vilmar disse que irá denunciar Ramon a Corregedoria e na Comissão de Ética dos Vereadores. 

Já Ramon alegou que, apesar de ser presidente, Vilmar não tem direito usar a tribuna sem ter o nome inscrito, desrespeitando, segundo ele, o regimento interno da casa. “Tem que tomar remédios amargos para que a democracia e o regimento interno sejam respeitados”, disse Ramon. 

A correspondente da Rede 4 jogos de tabuleiro em Brasília, jornalista Samantha Cavalca conversou com a advogada Janaína Paschoal, que teve papel decisivo no pedido de impeachment  da presidente Dilma Rousseff. Janaina estaria sendo sondada para sair como vice  na chapa pura de Jairo Bolsonaro (PSL). 

Questionada sobre essa possibilidade, a advogada afirmou que não passa de um ‘boato’. Afirmou para Samantha que recebeu diversas ligações e que irá se pronunciar em breve. Janaina é filiada ao PSL e disse que tem até o último prazo para tomar uma decisão. 



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
4 jogos de tabuleiro Mapa do site

1234