gaming law

SEÇÕES

Lula ou Bolsonaro? Saiba quem é mais rico, segundo bens declarados em 2022

O presidenciável mais rico é Felipe D'Ávila, que declarou mais de R$ 24 milhões.

Lula ou Bolsonaro? Saiba quem é mais rico, segundo bens declarados | reprodução
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Com o período para registrar as candidaturas no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) os presidenciáveis tiveram que declarar seu patrimônio em 2022. Os registros foram de R$ 197 a R$ 24 milhões.

O presidenciável mais rico é Felipe D'Ávila, que declarou mais de R$ 24 milhões. Na outra ponta está Leonardo Péricles, com R$ 197. Veja as declarações de cada um dos candidatos, em ordem decrescente de riqueza.

Felipe D'Ávila. O candidato do partido Novo foi o mais rico entre os que disputam a Presidência este ano. Seu patrimônio total é de R$ 24.619.627,66. Ele declarou possuir dois imóveis que, juntos, valem pouco mais de R$ 3,3 milhões, uma aplicação de renda fixa, de R$ 238 mil, e uma aplicação de R$ 1.350.

Em segundo lugar está Pablo Marçal, que declarou R$ 16.942.541,15. Ele possui um imóvel, uma sala ou conjunto e grande parte do dinheiro do coach está investido em ações ou foi registrado sob a anotação "outros bens e direitos".

Já o presidente eleito Lula foi o terceiro com mais bens declarados ao TSE. Lula possui um patrimônio de R$ 7.423.725,78. O petista informou que possui três imóveis, três terrenos, uma construção, um veículo e algumas aplicações, incluindo uma participação em empresa LTDA.

Ciro Gomes. O candidato do PDT declarou um patrimônio de R$ 3.039.761,97 ao TSE. Ciro possui quatro imóveis e dois veículos. Simone Tebet. A candidata do MDB informou ao TSE que possui R$ 2.323.735,38. 

O  ex-presidente Jair Bolsonaro declarou um patrimônio de R$ 2.317.554,73. No registro, constam cinco imóveis e um veículo. Chama a atenção na declaração de Bolsonaro o fato de que ele possui R$ 591.047,58 na caderneta de poupança.

A candidata Soraya Thronicke do União Brasil declarou à justiça um patrimônio de R$ 783 mil. Segundo ela, R$ 500 mil estão em uma participação societária em empresa, R$ 250 mil em espécie e R$ 33 mil em depósitos bancários. O valor é 78 vezes maior do que havia sido informado por ela há quatro anos, quando disputou e ganhou uma vaga ao Senado.

Roberto Jefferson. O delator do Mensalão declarou possuir R$ 745.323,41. O valor está distribuído em diferentes aplicações bancárias. R$ 23 mil estão em conta corrente. O candidato do PTB, apesar de ter registrado sua candidatura, está em prisão domiciliar desde janeiro deste ano e, portanto, inelegível

Sofia Manzano. Primeira a registrar a candidatura, Sofia Manzano declarou no total R$ 498.000,00. Entre seu patrimônio estão dois imóveis. Vera Lúcia. A candidata do PSTU afirmou possuir R$ 8.805,00 investidos na poupança. 

Leonardo Péricles. O candidato da União Popular declarou ter apenas R$ 197,31 na poupança.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
gaming law Mapa do site