bet jogos br

SEÇÕES

Jair Bolsonaro faz queixa-crime contra hacker Walter Delgatti

Os advogados do ex-presidente pedem que o hacker seja ouvido sob acusação de calúnia por ter falsamente acusado Bolsonaro.

Bolsonaro faz queixa-crime contra hacker Walter Delgatti | Reprodução
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

O ex-presidente Jair Bolsonaro formalizou, na última sexta-feira (28), uma denúncia de calúnia contra o hacker Walter Delgatti no 3º Juizado Especial Criminal de Brasília. A equipe jurídica de Bolsonaro solicitou que o hacker fosse interrogado sob a acusação de calúnia, devido às alegações falsas de que o ex-presidente teria participado de escutas ilegais ao Ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes.

Em depoimento na CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) dos atos de 8 de janeiro, Delgatti disse que Bolsonaro teria pedido a ele para assumir a autoria de um grampo contra Moraes.

“O presidente [Bolsonaro] entrou em contato comigo. Nesse contato, segundo ele, teria um grampo do ministro Moraes. Segundo ele [Bolsonaro], teria conversas comprometedoras do ministro e eles precisavam que eu assumisse a autoria desse grampo”, disse.

O hacker também afirmou, na ocasião, que Bolsonaro teria prometido conceder um indulto caso ele fosse preso.

“Ele [Bolsonaro] disse que esse grampo teria sido realizado por agentes de outro país. Não sei se é verdade, porque não tive acesso, mas em troca me foi prometido indulto e ainda disse que se eu fosse preso, [Querelante] prenderia o juiz. Usou essa frase. ‘Fique tranquilo, se algum juiz te prender, eu prendo o juiz’, e deu risada. Eu concordei porque era uma proposta do presidente da República”.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
bet jogos br Mapa do site