jogos 8 bits

SEÇÕES

Campanha de vacinação contra raiva acontece hoje em Teresina

A meta é imunizar mais de 140 mil cães e gatos

FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Um total de 264 postos de vacinação estão abertos em toda a cidade para a campanha de imunização contra a raiva animal na zona urbana. Proprietários de cães e gatos podem levá-los até as 17h a estes locais e assim proteger toda a sua família contra a doença. 

Em Teresina, a meta é imunizar mais de 140 mil cães e gatos contra a doença. "A raiva é uma doença sem tratamento e cuja única forma de prevenção é por meio da vacina, que é segura e gratuita", informa a diretora de vigilância em saúde da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Amariles Borba. 

Teresina não registra casos de raiva em seres humanos desde o ano de 1986. Já o último caso em animais aconteceu em 2011, com um cão que foi infectado no interior do estado.

"Diante de casos como o falecimento de uma pessoa por raiva no Ceará, e outros episódios pontuais no interior do estado, podemos dizer que o vírus está circulando e por isso precisamos nos proteger", diz a diretora. “Para que possamos continuar com essa estatística positiva da doença em nossa cidade, pedimos que todos levem seus cães e gatos ao posto mais próximo, e chamem seus amigos e familiares que também possuam animais de estimação”, chama Amariles Borba. 

O movimento foi intenso na manhã de hoje (03) na Praça Santa Teresinha, do bairro Satélite. Lá esteve Francisco Barbosa, que levou o cãozinho Teddy, de oito anos, para ser vacinado.

“Eu acho muito importante proteger nossos animais. Ele é como se fosse um membro da família, e nós nos preocupamos muito com a saúde dele, sem contar que assim estamos protegendo os humanos também”, relata o proprietário.

Aqueles que por algum motivo não puderem levar os animais hoje, podem procurar ainda o Centro de Zoonoses da capital e garantir a sua dose. Ainda nas próximas semanas, será realizada ainda a etapa da vacinação correspondente à zona rural, cuja logística se difere da etapa urbana.

“Na etapa rural não são montados postos fixos de vacinação; as equipes da FMS vão de propriedade em propriedade imunizando os animais”, informa a gerente de Zoonoses Oriana Bezerra.

A raiva é uma zoonose viral, que se caracteriza como uma encefalite progressiva aguda e letal. Todos os mamíferos são suscetíveis ao vírus da raiva e, portanto, podem transmiti-la. A doença apresenta dois principais ciclos de transmissão: urbano e silvestre, sendo o urbano passível de eliminação, por se dispor de medidas eficientes de prevenção, tanto em relação ao ser humano, quanto à fonte de infecção.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
jogos 8 bits Mapa do site