gaming 3i 3050

SEÇÕES

Goleiro abandona clube após ser repreendido por “falar demais” em treinos

O goleiro detalhou em entrevista o que teria ocorrido durante os treinos para que tomasse a decisão de deixar o clube

Goleiro abandona clube após ser repreendido por “falar demais” | Luiz Gustavo Graça
FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

Um jogador do clube Parnahyba, de Parnaíba, Piauí, deixou o elenco do time após ser repreendido por falar demais. O caso inusitado aconteceu com o goleiro Jaílson, segundo ele, o treinador Arnaldo Lira o repreendia por ficar de conversa com os companheiros de defesa, algo que não agradava ao técnico. 

Além do goleiro Jaílson, o clube também perdeu cinco jogadores, conforme divulgado pela diretoria. Atualmente sem Jaílson, o time do Parnahyba continua sua preparação na pré-temporada visando à estreia no Campeonato Piauiense 2024. O primeiro desafio está marcado para o dia 14 de janeiro, contra o Fluminense-PI, às 16h, em casa, no estádio Pedro Alelaf. O Azulino integra o Grupo B do estadual, juntamente com o Flu-PI, Corisabbá e Oeirense.

O goleiro detalhou em entrevista o que teria ocorrido durante os treinos para que tomasse a decisão de deixar o clube. 

“Eu fui falar com minha defesa, ele pediu para eu não falar, que eu ia criar problema com ele, e senti que estava tipo me minando.Fiquei calado, saí do treino e falei com o Petrarca (diretor do clube), que não tinha mais cabeça para trabalhar com ele. Expliquei a situação. Tinha assinado contrato hoje com o Parnahyba, mas pedi para rasgar o contrato e estou indo para casa”, afirmou o goleiro.

Durante a entrevista, ele afirmou, ainda, que nunca em sua trajetória trabalhou com um treinador que impedisse a comunicação entre goleiro e defesa. 

“Em toda minha carreira eu nunca trabalhei com um treinador que não gosta que goleiro fale com a sua defesa, esse foi o primeiro. Então para não ter problema eu pedi para sair, falei com o diretor e acabei sendo liberado”, completou.

Em entrevista ao GE, o técnico Arnaldo Lira tratou a situação com naturalidade e explicou que o profissional não se adaptou à filosofia de trabalho e pediu para sair. No momento, o clube está negociando com dois nomes, ainda não revelados, para a posição que anteriormente era ocupada por Jaílson.

“Ele mesmo falou que não se adaptou com a filosofia de trabalho e achou melhor sair. É tranquilo, vamos continuar trabalhando e buscar outro profissional que se adapte a essas características nossas” ,afirmou Arnaldo Lira.

Treinador Arnaldo Lira  (Foto: Divulgação/PSC )



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
gaming 3i 3050 Mapa do site